Ótica Perfil

Criminosos armados invadem o Parque dos Falcões e promovem cenas de terror contra funcionários do local

Serra de Itabaiana | 12.11.2017 às 21:56h

No início da tarde deste domingo (12) funcionários do Parque dos Falcões, localizado na Serra de Itabaiana, no Agreste Central sergipano, passaram por momentos de pânico e terror, quando um grupo formado por seis homens de posse de armas de fogo invadiram o local.

As vítimas foram amarradas e trancadas em uma sala, onde sofreram agressões físicas, além de serem ameaçadas de mortes e ainda tentaram estuprar uma mulher. Eles também reviraram o local em busca de dinheiro e quebraram vários objetos e equipamentos.

Durante a ação criminosa, os marginais roubaram o dinheiro arrecadado com a visita de turistas, mataram um filhote de gavião e na fuga levaram cinco outras aves, sendo um papagaio, dois pássaros silvestres, dois filhotes de Gavião, aparelhos de telefones celulares e uma câmera fotográfica. Os bandidos só deixaram o ponto turístico quando notaram que um dos funcionários havia conseguido escapar da sala e acionado a polícia.

Fotos: Reprodução das Redes Sociais

Logo após ser acionada pelas vítimas, a Polícia Militar, com apoio do Grupamento Tático Aéreo (GTA) empreendeu buscas pela região, no entanto, nenhum suspeito foi localizado. Um inquérito será instaurado na Delegacia Regional de Polícia Civil de Itabaiana para apurar o caso.

O Parque dos Falcões é autorizado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para a criação e recuperação de falcões, gaviões, carcarás e corujas. O local é coordenado por José Percílio e Alexandre Correia e existe há mais de 17 anos, sendo mantido com recursos adquiridos pelas visitas de turistas.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva