Ótica Perfil

Ocorrências de assassinatos movimentam o plantão do IML

Nas 24 horas | 20.10.2017 às 07:37h

Nas últimas 24 horas o plantão do Instituto Médico Legal Doutor Augusto César Leite, em Aracaju (SE), contabilizou o recolhimento de 06 (Seis) corpos, sendo cinco vítimas de assassinatos e uma morte em decorrência de queda da própria altura.

Entre os casos de mortes com arma de fogo envolveu o indivíduo Flávio Nunes Costa de 39 anos, suspeito de integrar a facção criminosa denominada de Primeiro Comando da Capital (PCC).

O fato ocorreu no final da madrugada de quarta-feira (19) no conjunto João Alves Filho, em Nossa Senhora do Socorro (SE), região metropolitana de Aracaju, onde o investigado entrou em confronto com policiais civis e foi alvejado a tiros.

Foto: Reprodução

O indivíduo, conhecido por Pitbull, era natural do Estado de Alagoas e era um dos alvos operação, que foi desencadeada simultaneamente nos Estados de Alagoas, Paraná e São Paulo. Ele ainda foi socorrido e levado para o Hospital de Urgência de Sergipe (SE), no entanto, não resistiu.

Na residência do suspeito os policiais localizaram 55 quilos de maconha e revólver municiado, além de uma determinada quantia de dinheiro, em espécie.

As demais mortes ocasionadas por disparos de arma de fogo aconteceram no Distrito Industrial de Aracaju (DIA); Ponta do Mangue, em Nossa Senhora do Socorro (SE); bairro Santos Dumont, em Aracaju, e povoado Colônia, município de Cristinápolis (SE).

As vítimas foram identificadas como Vinícius Ferreira Santos de 21 anos; Thiago de Oliveira Santos de 17 anos; Everton da Hora Júnior de 25 anos e Welington Santos de Souza de 22 anos.

No mesmo plantão também foi registrada a morte de Ademilson Rodrigues dos Santos de 60 anos, tendo como causa queda da própria altura ocorrida no povoado Jatobá, município de Barra dos Coqueiros (SE).

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva