Ótica Perfil

Suspeito de roubar motocicleta em Areia Branca é preso pela Polícia Civil

Mandado de prisão | 17.10.2017 às 04:10h

Policiais civis da Delegacia de Areia Branca cumpriram no final da manhã desta segunda-feira, 16, no povoado Camaratuba, em Laranjeiras, um mandado de prisão preventiva em desfavor de Wesley Ferreira de Jesus Santos, conhecido como "Tô Podre", suspeito de roubar uma motocicleta no dia 16 de julho desse ano de um motociclista da cidade de Aracaju. O roubo ocorreu no povoado Cafuz, imediações da BR-235, em Areia Branca (SE).

Foto: Polícia Civil de Sergipe

Segundo a polícia, "Tô Podre" e mais um comparsa de nome Genisson Vieira retornavam do povoado Pedrinhas, em Areia Branca, para Laranjeiras, quando cruzaram com um motociclista morador do bairro Santos Dumont, em Aracaju, e anunciaram o assalto. Genisson colocou a mão embaixo da camisa simulando estar armado e tomou a motocicleta.

Alguns dias depois do crime, a vítima foi a cidade de Itabaiana, onde reconheceu imediatamente Genisson. "A vítima então ligou para a delegacia de Areia Branca e informou que o assaltante tinha entrado em um veículo da Coopertalse com destino a cidade de Aracaju. Montamos uma barreira policial e na altura do presídio de Areia Branca, o suspeito foi convidado a descer do ônibus e comparecer à delegacia, onde foi prontamente reconhecido pela vítima", afirmou um dos policiais envolvidos na operação.

No seu depoimento, Genisson confessou o crime e entregou o comparsa Tô Podre cujo histórico criminal é recheado de roubos a motocicletas. Mesmo intimado, Tô Podre desobedeceu a convocação, mas resolveu se apresentar posteriormente com um advogado e embora reconhecido pela vítima e entregue pelo comparsa, negou tudo.

Genisson vai responder ao processo em liberdade até o julgamento e Tô Podre continuará preso. "Até hoje continuamos as diligências porque o veículo da vítima nunca foi encontrado e não bastasse o prejuízo, a vítima ainda recebeu ligações de pessoas se dizendo representantes de Tô Podre pedindo R$ 1.500,00 para devolver o veículo", revelou um dos policiais que participou da prisão do suspeito.

Diante dos fatos, o delegado Cleones Santos Silva representou pela prisão preventiva de Tô Podre, sendo prontamente cumprida. O suspeito foi encaminhado a capital sergipana, onde ficará preso à disposição da Justiça.

Da redação: Ascom da SSP/SE
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva