Ótica Perfil

Ex-pastor é preso na zona rural de São Miguel do Aleixo suspeito de cometer crime de estupro

Prisão decretada | 14.09.2017 às 05:01h

Operação conjunta envolvendo policiais da 3.ª Companhia do 3.º Batalhão de Polícia Militar (3.ª CIA/3.º BPM) e Agentes Civis lotados na Delegacia de Ribeirópolis, no Agreste sergipano, culminou na prisão de Valdes das Graças de 45 anos, suspeito pelo delito de estupros contra jovens e adolescentes.

Fotos: 3.º Batalhão de Polícia Militar

A polícia iniciou as investigações logo após o surgimento de denúncias da prática do crime nos municípios de Nossa Senhora Aparecida, São Miguel do Aleixo e Ribeirópolis, sendo o suspeito identificado por meio de fotos e áudios.

Em seguida, a autoridade policial representou na terça-feira (12) pela prisão preventiva do mesmo, sendo decretada pelo magistrado da Comarca de Ribeirópolis.

Valdes das Graças, natural de Poço Redondo (SE), já atuou como Pastor e preso na manhã de quarta-feira (13) em sua chácara, na zora rural de São Miguel do Aleixo. No local, a policia apreendeu um simulacro de arma de fogo, uma espingarda calibre 32mm, um brasão da Polícia Civil e de outros órgãos públicos.

Foto: 3.º Batalhão de Polícia Militar

De acordo com as investigações, o suspeito agia sozinho e o caso ficou conhecido como o estuprador do Fox Preto, referência ao carro em que ele usava para atacar as jovens e leva-las para sua propriedade sob ameaça. Após cometer o ato o suspeito liberava as vítimas sempre próximo ao local onde elas eram raptadas.

Após a prisão o homem foi encaminhado à Delegacia de Ribeirópolis, sendo transferido para a Delegacia Regional de Itabaiana, para evitar que o suspeito sofresse qualquer tipo de agressão, uma vez que diversos populares cercaram a unidade policial.

O ex-pastor encontra-se custodiado na carceragem da delegacia da cidade itabaianense à disposição do Poder Judiciário do Estado de Sergipe.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva