Ótica Perfil

Agreste sergipano perde o sucessor de Euclides Paes Mendonça

| 24.12.2007 às 12:08h

Foto: ReproduçãoSerá sepultado logo mais às 17h, no cemitério Santo Antônio e Almas, em Itabaiana, o corpo de Francisco Teles de Mendonça – Chico de Miguel - o segundo maior líder político da região do Agreste Sergipano, depois de Euclides Paes Mendonça. O ex deputado morreu no Hospital São Lucas, em Aracaju, vítima de parada cardíaca. Ele deu entrada no hospital no último dia 13, acometido de uma pneumonia. Tinha 81 anos e completaria 82 no dia 14 de março de 2008. Estava em coma há uma semana e morreu às 19:15h deste domingo, 23.12.2007. O corpo está sendo velado na residência da família, na Rua Tobias Barreto, 196, próximo à igreja Matriz.

Chico de Miguel era fazendeiro fornecedor de carne bovina. Carismático e influente, começou a sua carreira política em 1963, com o desaparecimento de Euclides Paes Mendonça, o maior líder político de então no agreste sergipano. Na época, o grupo se reuniu e decidiu que Francisco Teles de Mendonça seria o novo líder, sucessor de Euclides, a convite dos amigos. Já no ano de 1966 foi eleito Deputado Estadual pela primeira vez como o segundo mais votado de Sergipe. Cumpriu dois anos de mandado (1967 - 1968) e foi caçado pelo AI -5 em 1969.

Em 1986 foi eleito Deputado Estadual pela segunda vez. No período da cassação (1966 a 1986), mesmo impedido de exercer o seu mandato, Chico de Miguel conseguiu, com o seu grupo, eleger todos os prefeitos município, na época. Em 1990 foi eleito pela terceira vez como Deputado Estadual. Aposentou-se em 1994 e os filhos seguiram o seu caminho, na política regional: José Teles de Mendonça foi Deputado Estadual e Federal por três vezes; Antônio Teles de Mendonça, foi prefeito por dois mandatos e João Germano (Filho de criação), também foi prefeito de Itabaiana duas vezes.

Em 1994, quando Chico se aposentou, a sua filha Maria Mendonça foi eleita Deputada Estadual. Em 1998 ela retorna à Assembléia Legislativa de Sergipe pela segunda vez e em 2002 foi reeleita pela terceira. Legislou, então, de 2003 a 2004 e renunciou ao mandato para se candidatar a prefeita do seu município. Ganhou a eleição em 2004 e assumiu em 2005. Firme e carismáticos, Chico de Miguel influenciou e foi respeitado pelos maiores nomes da política do Estado, nos últimos 44 anos.  Pelo seu falecimento a prefeitura Municipal de Itabaiana decreta luto oficial de três dias a partir de hoje, 24.12.2007.

Secom/Itabaiana

Da redação:
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva