Ótica Perfil

Homicídio tentado, motivado por densavença por causa de fogos de artifício, é elucidado pela Polícia Civil

Em Itabaiana/SE | 05.07.2017 às 19:23h

Mandado de Prisão Preventiva, expedido pela Vara Criminal da Comarca do município de Itabaiana, no Agreste Central sergipano, em desfavor de Marcel Nunes de Almeida de 33 anos, foi cumprido no início da tarde desta quarta-feira (05) por Policiais Civis lotados na Delegacia Regional de Itabaiana, em ação coordenada pelos delegados Fábio Santana, Cledson Ferreira e Lauana Guedes.

Foto: Polícia Civil de Sergipe

Marcel Nunes estava foragido desde o dia 28 de maio do ano em curso, quando tentou contra a vida de Breno Nascimento Almeida de 20 anos. O delito aconteceu na Rua João Lima, no bairro Miguel Teles de Mendonça, periferia da cidade de Itabaiana, quando os dois entraram em desavença e foi ocasionado por causa de fogos de artifício que a vítima estava soltando em frente à sua casa.

Consta do Inquérito Policial que, o suspeito ficou incomodado com a situação porque estava com um filho recém-nascido em sua residência, fato que levou Breno a argumentar que não era proibido soltar fogos, mesmo assim não conseguiu obter êxito.

Diante da discussão, Marcel adentrou a sua residência, pegou uma arma de fogo, tipo Pistola calibre 380mm, retornou para o local onde estava o jovem e, sem oferecer nenhuma chance de defesa ao mesmo, efetuou disparos contra a vítima, onde um dos tiros atingiu o seu crânio.

Foto: Reprodução das Redes Sociais

Breno foi socorrido e conduzido ao Hospital Regional Doutor Pedro Garcia Moreno Filho, de onde foi transferido para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), em Aracaju. Ele foi submetido a uma intervenção cirúrgica e ainda encontra-se internado na unidade hospitalar da capital sergipana, enquanto Marcel Nunes responderá pelo delito de homicídio tentado.

O delegado Fábio Santana, coordenador da Delegacia Regional de Itabaiana solicita a colaboração da população para que ligue para o Disque Denúncia 181, para que a polícia possa levar as barras da justiça os desviados sociais. O sigilo da informação será preservada.


Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva