Ótica Perfil

Recém-nascido é jogado em uma cisterna pela própria mãe

| 20.12.2007 às 07:40h
Uma adolescente de apenas 16 anos que sofre de distúbios mentais jogou o filho recém-nascido numa cisterna de três metros de profundidade. A cisterna estava vazia e apesar da queda o bebê sofreu apenas escoriações leves.
O fato ocorreu na noite da última segunda-feira, dia 17 no povoado Gravatá, no município de Pedra Mole. O bebê passou toda à noite no local e somente foi encontrado por volta das 9horas da manhã do dia seguinte ainda com o cordão umbilical e sujo com restos do parto.
Inicialmente, o recém-nascido foi encaminhado ao Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho em Itabaiana e em seguido transferido para a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, em Aracaju, onde permanece em sob observação médica.
Enquanto isso, a mãe está internada no Hospital de Itabaiana e passa bem, mesmo tendo parido no meio do mato sem qualquer tipo de assistência. A mesma já foi ouvida pela polícia e declarou que não sabia que estava grávida e pensou que estava colocando uma doença para fora, por isso jogou o bebê na cisterna.
Foto: Alberto Dutra/Jornal da Cidade

Contatos: gilsondeoliveira@itnet.com.brDa redação:
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva