PF faz primeira apreensão de entorpecentes no Estado de Sergipe em 2017

Abordagem | 09.01.2017 às 20:37h

A Polícia Federal apreendeu no município de Canindé de São Francisco/SE, na última sexta-feira (06), o caminhão placas MAM - 8435, Brasília/DF, que estava sendo conduzido pelos indivíduos Clayton Alexandre Silva e Arlindo Vilela de Souza Neto, e transportava material de limpeza (sabão, cera automotiva, detergentes, dentre outros) para as cidades sergipanas de Monte Alegre, Poço Redondo, Porto da Folha e Canindé de São Francisco. No interior da carga lícita foi encontrada uma caixa de papelão que continha quinze tabletes de cocaína, perfazendo um total aproximado de treze quilos e meio do entorpecente.

apreensão cocaina Polícia Federal em Sergipe

Os policiais receberam a informação de que os suspeitos estariam transportando drogas para o sertão sergipano, em caminhão carregado com detergentes. Foram montadas barreiras policiais nas principais rodovias de acesso ao Estado de Sergipe. Numa delas o veículo foi parado e, durante a abordagem, os policiais encontraram cerca de 15 (quinze) tabletes de uma substância semelhante à cocaína. (Foto: Divulgação / Polícia Federal)

Em consulta prévia aos bancos de dados policiais, foi levantado que os referidos motoristas já foram presos, em Minas Gerais, entre os anos de 2008 e 2013, pelos crimes de receptação. Em ato contínuo a ação policial, Neto e Clayton foram presos e conduzidos à Superintendência de Polícia Federal, em Aracaju/SE para prestar depoimento.

Segundo eles, o narcótico foi adquirido e acondicionado na cidade de Ituiutaba, em Minas Gerais, e seria distribuído no Estado de Sergipe. Os presos informaram que apenas fariam o transporte, mas não sabiam o que era, nem quem tinha colocado o material ilícito no veículo.

Segundo a Polícia Federal, as investigações continuam para encontrar quem enviou e quem iria receber a droga.

Essa foi a primeira apreensão de entorpecentes do ano realizada pela Polícia Federal em Sergipe.


Da redação: Ascom da Polícia Federal
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva