Ótica Perfil

Mortes de detentos são registradas em unidades prisionais de Sergipe

Nas últimas 24 horas | 09.12.2016 às 11:41h

Dois detentos, custodiados no sistema prisional do Estado de Sergipe, morreram nas últimas 24 horas.

O primeiro caso foi registrado na noite de quarta-feira (07) no Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho (Compajaf), no bairro Santa Maria, zona Sul de Aracaju, onde o preso Antônio Clívio Lima de Santana, 48 anos, conhecido como Téo ou Bracinho, foi encontrado morto em um dos pavilhões da unidade prisional.

A informação inicial era que o interno havia sofrido um infarto fulminante, porém de acordo com as informações passadas no relatório do Instituto Médico Legal Doutor Augusto César Leite consta morte por espancamento.

Antônio Clívio estava na penitenciária desde o mês de setembro de 2014, suspeito de chefiar uma quadrilha especializada em assaltos a bancos, quando a época foi preso por policiais do Complexo de Operações Policiais Especiais (COPE).

A outra ocorrência foi no Complexo Penitenciário Doutor Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão (SE), onde o preso José Irving Santos Alves de 24 anos, também foi localizado morto em uma cela no final da manhã de quinta-feira (08).

Após ser constatado o óbito, o corpo foi encaminhado para exames de autopsia no IML da capital sergipana, com a finalidade de identificar a causa da morte.

Há suspeita que o detento tenha sido vítima de morte natural, no entanto, somente o laudo que será fornecido pelos legistas indicará a verdadeira causa do seu falecimento.


Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva