Ótica Perfil

Sergipano está entre os mortos do acidente aéreo com delegação da Chapecoense

Tragédia no ar | 29.11.2016 às 11:54h

O zagueiro Thiego está entre as vítimas do acidente aéreo com a delegação do Chapecoense que ocorreu na madrugada desta terça-feira (29) na cidade de La Unión, departamento de Antioquia, na Colômbia. A equipe brasileira viajava para Medellín, onde nesta quarta-feira (30) estaria realizando o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional (Colômbia).

Acidente Aéreo Chapecoense Santa Catarina

O jogador Willian Thiego de Jesus de 30 anos, nasceu em Aracaju (SE), em 22 de julho de 1986, e sua família reside no conjunto Agamenon Magalhães, na capital sergipana. Ele foi revelado pelo Club Sportivo Sergipe e depois de atuar em algumas partidas pelo time profissional, foi negociado aos 19 anos com o Grêmio de Foot-Ball Porto Alegrense para jogar nas categorias de base do clube gaúcho, destacando em seguida na equipe profissional, sob o comando do técnico Mano Menezes.

Além do Grêmio, Thiego ainda defendeu no futebol brasileiro as equipes do Bahia, Ceará, Figueirense e também no futebol do Japão e no Azeibaijão. Thiego estava no Chapecoense desde 2015 e havia contrato recentemente para atuar pelo Santos Futebol Clube na temporada de 2017.

A delegação da Associação Chapecoense de Futebol decolou do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, em voo comercial, na noite de segunda-feira (28), e desceu em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, onde embarcou na aeronave da Lamia.


O acidente deixou 76 mortos e entre estão jogadores da equipe brasileira, jornalistas, inclusive o ex-jogador Mário Sérgio, e tripulantes.

Seis sobreviventes foram resgatados e socorridos, sendo quatro jogadores, um jornalista e uma aeromoça. Entretanto, o goleiro Danilo não resistiu à gravidade dos ferimentos.


Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva