Ótica Perfil

Acusado de matar jovem grávida em Carira é condenado em novo Júri Popular

Condenado a 18 anos | 17.11.2016 às 22:58h

O conselho de setença esteve reunido na tarde desta quinta-feira (17) no Fórum Juiz José dos Anjos, em Carira (SE), para o julgar o réu Jobson Tavares da Silva, conhecido como Jobinho, acusado de envenenar a namorada Daiane Conceição dos Santos no dia 1.º de outubro de 2013 no povoado Lagoa Verde do Açude.

Denunciado pelo Ministério Público do Estado de Sergipe de crime de homicídio triplamente qualificado o acusado havia sido absolvido em julgamento ocorrido no dia 18 de setembro de 2014, porém por unanimidade, a Câmara Criminal de Aracaju anulou o resultado e o novo Júri Popular decidiu por o condenar a 18 anos de prisão. Ele ainda terá que pagar R$ 10.000,00 (Dez Mil Reais) de indenização à família da vítima, e sem direito de recorrer em liberdade.

Entenda o caso

Daiane Conceição dos Santos, a época com 21 anos, estava grávida de 03 (três) meses do acusado, e faleceu após ter ingerido bombons supostamente envenenados, oferecidos por Jobson Tavares da Silva. Na semana anterior ao fato, o acusado chegou a comprar remédio abortivo para interromper a gravidez.

A vítima manteve um relacionamento amoroso com o denunciado por aproximadamente 08 (oito) anos, segundo relato da família, e que costumava encontrar-se com o acusado, o qual mesmo estando casado há sete meses continuava relacionando-se afetivamente com Daiane.

No dia da morte, a vítima, como de costume, foi encontrar-se com o acusado nas proximidades de uma casa em construção de sua propriedade, localizada no Povoado Lagoa Verde, em Carira. Em seguida a jovem, voltou para a sua residência por volta das 21 horas e logo depois começou a passar mal, chegando a vomitar, contudo, pensou-se que seria em função da gravidez.

Entretanto, a vítima ajoelhou-se aos pés de sua genitora e confessou que estava passando mal porque havia ingerido um doce tipo bombom, que havia sido ofertado pelo namorado. A jovem foi levada para o hospital local, sendo posteriormente transferida para o Hospital Regional de Itabaiana Doutor. Pedro Garcia Moreno Filho, aonde evoluiu a óbito.


Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva