Ótica Perfil

Perícia de Alagoas confirma origem da bala que matou delegado de Sergipe

Criminalística | 17.08.2016 às 10:24h

O Instituto de Criminalística de Alagoas (IC), através da chefia de Perícias de Balística, confirmou, nesta terça-feira (16), que a bala encontrada na cena do crime que vitimou o delegado Ademir da Silva Melo Júnior, no estado de Sergipe, saiu realmente da arma apreendida com o suspeito.

Perícia Balística Instituto Criminalística Alagoas 

(Foto: Ascom / Perícia Oficial)

O perito criminal responsável pelo exame, Ricardo Leopoldo, disse que o trabalho de perícia foi realizado em Alagoas porque Sergipe não possui perito na área de balística.

"Do total de onze cartuchos enviados, três foram usados para a produção de padrões que foram utilizados para comparar com o projétil que transfixou o corpo da vítima. Após o exame de natureza, eficiência e microcomparação balística conclui que o projétil que matou o delegado foi propelido pela arma apreendida" conta o perito.

O perito-geral Manoel Melo destacou ainda a parceria entre os estados e a importância da Perícia Criminal no esclarecimento de crimes contra a vida. O laudo, composto de oito páginas e oito fotografias, foi encaminhado para o delegado Jonathas de Oliveira, responsável pelo caso.

Entenda o caso

O delegado Ademir Melo, responsável pela delegacia do município de Estância (SE), foi assassinado durante uma tentativa de assalto, ocorrida em 18 de julho de 2016, na Alameda das Árvores, bairro Luzia, zona sul de Aracaju.

Moradores relataram que a vítima passeava com o cachorro próximo a sua residência, quando foi abordado por dois homens em uma moto que efetuaram três tiros contra o delegado. O suspeito de cometer o crime foi preso no dia 9 de agosto.


Da redação: Do G1 AL
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561

*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva