Ótica Perfil

Delegado de Polícia Civil de Sergipe foi morto por ex-presidiário em tentativa de assalto

Crime elucidado | 10.08.2016 às 13:12h

Após intensa investigação policial realizada pelas equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), do Complexo de Operações Policiais Especiais (COPE) e Departamento de Narcóticos (Denarc), foi preso na tarde dessa terça-feira (09), o ex-presidiário Anderson Santos Souza de 27 anos. Ele é acusado da prática de latrocínio (roubo seguido de morte) cometido contra o delegado Ademir Melo, em crime ocorrido na noite do dia 18 de julho deste ano, na região da Alameda das Árvores, bairro Luzia, zona Sul de Aracaju (SE).

assassino Delegado Polícia Civil Sergipe

Durante o trabalho investigativo, as equipes da Divisão de Inteligência da Polícia Civil conseguiram verificar, através das câmeras de vigilância de residências, o trajeto que o motociclista fez na noite do crime.

Na análise desse roteiro seguido pelo criminoso, a polícia percebeu que ele percorria as vias no intuito de realizar assaltos a transeuntes, como já lhe era de costume, e que visualizou na figura do delegado Ademir Melo mais uma possível vítima, caindo a teoria de crime de mando.

Na abordagem ocorreu uma tentativa de reação do delegado que acabou resultando na efetivação de três disparos efetuados pelo criminoso, uma vez que a pistola da autoridade policial estava travada e o gatilho não acionou.

Depois de ser identificado, o suspeito foi preso em sua residência e no local, os policiais apreenderam um revólver calibre 38mm com 11 munições, além de uma motocicleta XRE 300, de cor Preta.

O ex-presidiário prestou depoimento, sendo tudo filmado para ser encaminhado à justiça, onde ele confessa a prática do latrocínio. Inclusive, no momento da prisão, os familiares do suspeito também confessaram o envolvimento de Anderson no crime, informando que no dia do fato o mesmo teria chegado em casa comentando sobre o ocorrido, só não tinha conhecimento que a vítima era um delegado de polícia

A Polícia agora trabalha no intuito de identificar possíveis vítimas de outros crimes cometidos por ele, visto que os policiais apreenderam diversas capas e chips de aparelhos de telefones celulares, encontrados na residência do suspeito, provavelmente pertencentes a outras vítimas.

Anderson Santos Souza é natural de Aracaju, com passagem pelo sistema prisional do Estado pelos crimes de roubo e latrocínio tentado, tendo sido liberado, através de Habeas Corpus, no dia 10 de dezembro de 2015.


Da redação: Gilson de Oliveira com informações da Ascom da SSP/SE
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561

*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva