Ótica Perfil

Suposto assassino de delegado de Polícia Civil de Sergipe é preso

Latrocínio? | 09.08.2016 às 22:58h

A Superintendência da Polícia Civil de Sergipe apresenta às 8 horas desta quarta-feira (10), na Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE), os detalhes da investigação que culminou com a prisão do suspeito de matar o delegado Ademir Melo.

O suposto assassino foi preso nesta terça-feira (09) após cerca de 20 dias de investigação. O delegado Ademir da Silva Melo Júnior de 37 anos, foi morto em frente a sua residência na Alameda das Árvores, no bairro Luzia, em Aracaju (SE) no início da noite de 18 de julho.

A autoridade policial passeava com seu animal de estimação, quando foi alvejado por disparo de arma de fogo por um indivíduo que trafegava pela localidade em uma motocicleta. O delegado ainda chegou a sacar uma pistola, mas a arma estava com a trava de segurança acionada e por isso, o gatilho não disparou.

A polícia praticamente descarta a possibilidade de crime de mando, uma vez que o intuito do elemento era assaltar o delegado. Inclusive, sem saber que tratava-se de um delegado de polícia, o suspeito continuou cometendo delitos naquela noite.

No momento da prisão do elemento, a mãe do mesmo declarou aos policiais que tomou conhecimento do envolvimento do filho no crime depois da divulgação da morte do delegado.

A Associação dos Delegados de Polícia de Sergipe (Adepol), por meio de uma mobilização dos delegados, arrecadou uma quantia de R$ 30.000,00 (trinta mil) e ofereceu como recompensa para quem ajudasse a elucidar o assassinato do delegado.

Assassinato Delegado Polícia Civil Sergipe

Ademir Melo estava lotado na Delegacia Regional de Estância, na região Sul Sergipano, e fazia parte do quadro de delegados de 2.ª classe de Polícia Civil de Sergipe há 10 anos. Ele era casado com a Promotora de Justiça da cidade de Estância, Carolina Leão.


Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561

*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva