Ótica Perfil

Operação em combate ao tráfico de drogas resulta em quatro suspeitos mortos no Centro-Sul de Sergipe e no interior baiano

Associação criminosa | 13.07.2016 às 19:56h

No final da madrugada desta quarta-feira (13) a Polícia Civil de Sergipe desencadeou na região Centro-Sul do Estado a operação denominada "Omertá" para combater o tráfico de drogas e diversos crimes de homicídios.

As ações ocorreram na praia da Caueira, em Itaporanga D’Ajuda, Salgado e Lagarto, no Estado de Sergipe, e no município baiano de Itapicuru, e foram desenvolvidas por policiais da Delegacia Regional de Lagarto, do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) e do Grupamento Especial de Repressão e Busca (Gerb).

As investigações foram conduzidas pelo delegado Hilton Duarte e teve como objetivo o cumprimento de mandados de prisão, onde seis suspeitos acabaram presos e quatro evoluíram a óbito em confronto com os policiais.

Em Itaporanga D’ajuda morreram os suspeitos Wilton de Carvalho Perez, conhecido por "Chico", e Manoel Eraldo de Jesus Júnior, apelidado de “Caboré". As outras mortes aconteceram em Itapicuru (BA), sendo as vítimas identificadas como Ademir Soares de Melo, conhecido por "Truta", e seu sobrinho Jorge Henrique Soares, que atendia pela alcunha de "Jorginho".

Operação Omertá Polícia Civil Sergipe

Segundo informações fornecidas pela polícia, o grupo comandava o tráfico de drogas e ainda tinha envolvimento em vários crimes de homicídios. Durante a operação também foram apreendidas armas de fogo, inclusive em uma das residências dos suspeitos foi apreendida uma Jaguatirica usada como segurança dos criminosos.

Os detalhes completos da “Operação Omertá” serão passados nesta quinta-feira (14) na sede da SSP, em Aracaju (SE).  

Operação Omertá Polícia Civil Sergipe Operação Omertá Polícia Civil Sergipe Operação Omertá Polícia Civil Sergipe

 

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561

*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva