Ótica Perfil

Arquibancada desaba e deixa 8 mortos na Bahia

Desastre | 26.11.2007 às 03:15h

Salvador (BA) - A festa pelo acesso à Série B do Campeonato Brasileiro acabou em tragédia em Salvador. Durante o encontro sem gols entre Bahia e Vila Nova, parte das arquibancadas do anel superior da Fonte Nova cedeu e feriu muitos torcedores. As informações preliminares dão conta de sete mortes.

Ao todo, onze torcedores teriam caído de uma altura equivalente a cinco andares. Ao menos sete deles morreram e dezenas de feridos foram levados ao Hospital Geral do Estado. Até às 22h tinham sido confirmados os nomes de sete vítimas fatais pela PM: Jadson Celestino, Djalma Lima, Anísio Marques Neto, Midiam Andrade Santos, Márcia Santos Cruz, Milena Vasques Palmeira e sua irmã, Patrícia Vasques Palmeira.
(Foto: Divulgação)

Além disso, muitos torcedores invadiram o gramado para comemorar o acesso antecipado, o que provocou a depredação de placas de publicidade, bancos de reservas e alambrados das arquibancadas. Os problemas podem ter sido ocasionados por uma superlotação da Fonte Nova, que registrou oficialmente a presença de 60 mil pagantes.
(Foto: Welton Araújo/Agência A Tarde)

Uma festa com trios elétricos espalhados pela cidade estava sendo programada, mas a música parou assim que se ficou sabendo do acidente. O presidente do Bahia, Petronio Barradas, chegou a cogitar o cancelamento do próximo jogo pela Série C, mas não acredita que isso seja possível. Os jogadores embarcam às 7 horas desta segunda-feira, para Uberlândia, onde enfrentam o Crac-GO, na quarta-feira.

A falta de estrutura da Fonte Nova já havia sido constatada em um estudo realizado pelo Sindicato de Arquitetura e Engenharia (Sinaenco), divulgado no dia 1º de novembro deste ano (leia abaixo) e publicado pela GE.Net. Segundo os documentos, o estádio do Bahia era o que menos tinha condição de abrigar partidas da Copa do Mundo de 2014 e apresentava riscos aos torcedores. Recentemente, a Polícia Militar já havia condenado o estádio, mas nenhuma providência foi tomada pelas autoridades. (Foto: Divulgação)

Da Redação: Gazetaesportiva.net
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (79) 9-9977-1266 (Colabore com o Site com sugestões, fotos e vídeos)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva