Ótica Perfil

Coritiba pode ser penalizado pelo TJD

IRREGULARIDADE | 25.01.2014 às 20:00h

Depois da equipe do Canindé, que colocou em campo um atleta irregular e corre o risco de perder pontos em julgamento no TJD, a equipe do Coritiba Itabaiana está na mesma situação. A equipe serrana foi denunciada pelos dirigentes da Socorrense, de ter colocado para trabalha na segunda partida entre essas equipes o massoterapeuta José Augusto Lima Doria.


A denuncia da Socorrense foi protocolada na Federação Sergipana de Futebol (FSF) e o diretor Técnico Diogo Andrade, já encaminhou todo o processo ao TJD, para julgamento.


Segundo o presidente da Socorrense, Washington Alcino, autor da denuncia, o massagista José Augusto foi expulso aos 41 do final, da partida entre Coritiba e Socorrense realizada no dia 19 de janeiro no estádio Presidente Médici.


- No jogo de volta na cidade de Socorro, José Augusto não poderia trabalhar nem ter o seu nome na súmula da partida. E não foi isso que aconteceu. O massagista estava trabalhando, tranquilamente, como se nada tivesse acontecido. O jogo foi empate. Temos certeza que a Socorrense não terá os pontos revertidos a seu favor, mas o Coritiba pode perder pontos de acordo com o regulamento da competição e com o próprio CBJD.


Alcino diz que o Coritiba infringiu o artigo 20 do regulamento da competição, quando utilizou de forma irregular, um membro da comissão técnica, expulso em partida anterior, não cumprindo dessa forma, a suspensão automática prevista no regulamento.


FONTE: Federação Sergipana de Futebol

Da redação:
Mais Esporte
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva